Imprimir

A terceira rodada do Brasileirão foi marcada por muitos erros. Jogadores errando passes, defesa furada, juiz dando pênalti onde não aconteceu, anulando gol legal, enfim muitos erros desnecessários dos Cariocas.

Vamos começar com o Botafogo, que ganhando de 2x0 em casa contra o Cruzeiro deixou que aos 30 minutos do segundo tempo o time mineiro começasse a virada. O Cruzeiro ganhou de 3x2. Como dizem, tem coisas que só acontece com o Botafogo.

Fluminense e Santos se enfrentaram com muitos desfalques. Isso poderia ter contribuído para os erros, porém dessa vez a culpa não foi dos jogadores e sim da arbitragem, que por sua vez deu um pênalti que não existiu, a falta em Carlinhos foi fora da área, mas o juiz deu pênalti, o próprio Carlinhos bateu e fez o gol, deixando o jogo em 1x1. O outro erro do juiz foi a anulação do gol legal do Samuel.

E o Flamengo, hein?! Tá muito mal de defesa. Os dois gols da Ponte Preta no empate de 2x2, teve uma ajudinha da defesa flamenguista.

Já o Vasco não se encaixa no assunto do post, pois não teve problemas com a arbitragem e fez uma bela partida ganhando de 4x2 do Náutico, alcançando a liderança do campeonato.  

Por Caroline Bittencourt. 

 


 
Imprimir

Já que o Fluminense lançou ontem o seu novo uniforme, e segundo a maioria dos seus torcedores ele é “feio”. Vamos aqui fazer um ranking dos 10 uniformes mais estranhos do futebol nacional.

Em décimo lugar está o Bragantino que lançou essa camisa em 1990.


Leia mais:Uniformes estranhos dos clubes do futebol brasileiro