Imprimir

Botafogo e Santos entraram em campo nesta quarta-feira para disputar a décima rodada do Brasileirão, o jogo foi disputada no estádio da Vila Belmiro, na cidade de Santos.  O Santos foi para o jogo desfalcado sem os seus principais jogadores. Neymar, P H Ganso e o goleiro Rafael que estão com a Seleção Brasileira. 

O Botafogo começou a partida indo pra cima do Santos, o clube carioca chegava sempre com perigo no gol do goleiro Aranha.  A equipe do Santos dava muito espaço e os jogadores do Botafogo tocavam bem a bola. Aliás, o técnico Oswaldo de Oliveira mudou o jeito de jogar do Botafogo. 

O Botafogo se impôs nos primeiros 30 minutos contra o Santos, para você meu caro leitor ter uma idéia, a equipe santista ficou limitada aos contra ataques. Para a situação de Muricy se complicar ainda mais, aos 10 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Edu Dracena se contundiu e teve que ser substituído. 

No final do primeiro tempo, o jogo ganhou um pouco de emoção. Bruno Alves acertou um lindo chute de fora da área para ótima defesa do goleiro Jefferson. A resposta do Botafogo veio logo em seguida com o meia Fellype Gabriel que acertou um chute na trave. A torcida do Santos no final da primeira etapa vaiou o time. 

Santos e Botafogo

O segundo tempo começa e parecia que os dois treinadores deram uma injeção de animo nos seus jogadores, o Santos acertou a marcação e o Botafogo continuou jogando bem. A partida melhorou bastante, mas continuavam com a pontaria ruim. A torcida do peixe reclamou de um pênalti do zagueiro Antonio Carlos, pois quando Arouca cruzou a bola para área a bola bateu no ombro do jogador do Botafogo, os jogadores do Santos reclamaram que a bola bateu na mão. 

A partida esfriou novamente. O Botafogo chegava a área santista, mas o lance de maior perigo veio aos 19 minutos, quando Andrezinho chutou de longa distância levando perigo ao gol de Aranha. O jogo termina com o empate em 0 a 0. Esse foi o sétimo empate do Santos. 

 

Outros resultados da rodada: 

O Vasco venceu o São Paulo no Morumbi pelo placar de 1 a 0, gol de Fagner. 

O Cruzeiro venceu a Portuguesa por 2 a 0. 

O Náutico ganhou da Ponte por 3 a 0 também. 

O Grêmio venceu de virada o Sport por 3 a 1. 

O Fluminense venceu o Bahia por 4 x 0. 

O Flamengo perdeu para o Corinthians por 3 x 0, sendo que o Emerson Sheik ainda perdeu um penalti para o Corinthians. 

O Atlético-MG venceu o Internacional por 3 x 1. 

Coritiba e Palmeiras ficaram no empate de 1 x 1.

E o Atlético-GO conseguiu sua primeira vitória no campeonato por 3 x 2 sobre o Figueirense. 

 

Por Diogo Pereira