Imprimir

Comentei esse jogo pela Rádio Energia 104.9 FM e o que vi foi um Vasco muito apático em campo e completamente desarrumado em todos os setores. 

Enquanto isso o São Paulo, que também não jogava muito rápido, não errava passes e chegava no gol de Fernando Prass com perigo. Pelo que foi o jogo, o primeiro gol São Paulino até demorou a sair, mas saiu quando Luis Fabiano acertou a passada, preparou para chutar de fora da área e, sem ser incomodado, bateu de canhota acertando o canto esquerdo do goleiro vascaíno. São Paulo 1 x 0 e fim do primeiro tempo. 

No intervalo, o técnico Marcelo Oliveira fez duas substituições que não gostei. Tirou o lateral-direito Jonas e o zagueiro Renato Silva e colocou o lateral-direito Auremir e o zagueiro Fabrício. Resumindo, trocou seis por meia dúzia. Tudo bem que o Fabrício entrou bem no jogo e pelo menos gritava com seus companheiros, mas o Vasco estava jogando em casa e acredito que seus torcedores gostariam de ver uma substituição para melhorar o time carioca na frente. 

Começou o segundo tempo e Oswaldo atacou com velocidade pelo lado esquerdo, chamou o Auremir para dançar. Driblou duas vezes, puxou para dentro da área e bateu no ângulo. Golaço do Oswaldo! São Paulo 2 x 0. 

Luiz Fabiano comemora seu gol. Fotoarena

Depois disso, o time paulista teve chance de aumentar o placar, mas desperdiçou todas opostunidades. Já o Vasco conseguiu três boas conclusões a gol, mas em todas o goleiro Rogério Ceni estava lá para fazer grandes defesas. Fim de jogo e o São Paulo venceu o Vasco da Gama em São Januário. 

Por Leonardo Calheiros.