Imprimir

O jogo não poderia ser outro. Partida entre líder e vice-líder do campeonato na casa do Atlético-MG que estava completamente lotada. Desde o início do jogo o time mineiro ficou em cima do Fluminense. Pressionando muito no jogo, o Atlético era superior em todo campo, mas o time do Fluminense quando tinha a posse de bola, tocava e ganhava tempo. Afinal, quem tinha que ir para cima era mesmo o Atlético. Só que para não levar o primeiro gol, o time do Fluminense teve que contar com ótimas defesa do melhor goleiro do campeonato, Diego Cavalieri, três bolas na trave e ainda um gol anulado corretamente em cobrança de falta de Ronaldinho. Fim do primeiro tempo e o placar continuava zero a zero. 

No segundo tempo, o jogo que já era bom melhorou muito. Atlético-MG novamente veio para cima, mas dessa vez o Fluminense sabia controlar mais a partida e começou a ter mais contra-ataques. Como o Atlético-MG finalizava muito mais no jogo, poucos esperavam é que o Fluminense abrisse o placar. Mas foi assim, a bola chega da direita para Fred na frente da área, ele rola dentro da área ótimo passe para Wellington Nem que chuta cruzado de canhota no canto esquerdo do goleiro Vitor. Um a zero Fluminense. 

O Atlético-MG sentiu o gol e o Fluminense continuava a tocar a bola. Mas o time mineiro tinha Ronaldinho inspirado, ele passou por Edinho e puxou para o centro chamando os dois marcadores restantes do Flu. Jô e Bernard passaram pela esquerda e receberam ótimo passe. Jô bateu de primeira no alto, sem chance para Diego Cavalieri. Jogo empatado em um a um. Com o gol, o time mineiro foi ainda mais para cima e aos 37 minutos conseguiu a virada. Bernard caiu pela direita driblou Bruno e cruzou na segunda trave na medida para Jô que colocou de cabeça no contra pé de Diego Cavalieri. Dois a um para o Atlético-MG. 

Leonardo Silva comemora seu gol - Foto: Bruno Cantini

Com o gol o time do galo recuou um pouco e o Flu foi para cima, o técnico Abel Braga tirou o volante Edinho do time e colocou Samuel no ataque. Não demorou e o Flu logo empatou. Em jogada pela esquerda Wagner passa ótima bola para Carlinhos na ponta esquerda que cruza rasteiro, Fred se antecipa ao zagueiro e toca no canto esquerdo de Vitor. Jogo mais uma vez empatado, agora em dois a dois. 

Após o gol, o Flu novamente voltou a se defender e veio a pressão do time mineiro, porém o Flu suportava bem. Parecia mesmo que o jogo terminaria empatado, mas aos 47 minutos, Ronaldinho lança bola perfeita na área e Leonardo Silva apareceu como elemento surpresa fazendo o gol do jogo em cabeçada que o goleiro do Flu nada pode fazer. 

Até a bola voltar ao meio campo, com a comemoração o jogo já estava em 48 minutos e meio e ainda teve um desentendimento entre Fred e Junior Cesar, no lance o lateral esquerdo do time de Minas tirou a bola da posição na hora em que Fred ia dar a saída novamente, o capitão tricolor empurrou Junior Cesar que ficou caído no chão. No lance o lateral recebeu cartão amarelo e o Flu conseguiu sair a bola, mas não dava tempo para mais nada. Fim de jogo e vitória para o Atlético-MG. 

Por Leonardo Calheiros.