Imprimir

Dessa vez não vou ser imparcial. Quem não quiser ler que não leia, não vou falar de nenhum outro clube, somente do Campeão Brasileiro de 2012, ou melhor Tetracampeão brasileiro. 

No início do campeonato, poderíamos perguntar a qualquer um. Nenhum torcedor afirmaria que o campeão esse ano seria com 3 rodadas de antecedência. Vide os campeonatos anteriores, que sempre terminaram na última rodada. Confesso que mesmo no final, achei que o Fluminense seria campeão contra o Cruzeiro, jogando em casa. Até porque não acreditava que o time do Vasco tivesse forças para empatar com o Atlético-MG. Afinal o Vasco vinham de seis derrotas consecutivas, provavelmente nem os vascaínos acreditavam em tal fato. Mas foi o que aconteceu, e os tricolores puderam comemorar antes! Mas quem pensou que não houve sofrimento se enganou outra vez. O time do Fluminense parece que gosta de sofrer, pois após estar vencendo por 2 x 0, cochilou e viu o Palmeiras buscar forças para empatar. No fim o Flu, que ainda perdeu muitos gols, conseguiu o gol do título com passe de Jean para Fred bater de primeira e fazer o gol mais importante da partida. Dali foi só aguardar o término para soltar o grito! TETRACAMPEÃO! TETRACAMPEÃO! TETRACAMPEÃO! TETRACAMPEÃO! 

Fluminense é Tetracampeão!

Vamos aos incontestáveis números até a 35ª rodada: 

- 76 pontos. Existe grande chance de quebra de record já na próxima rodada caso o Flu vença o Cruzeiro; 

- 22 vitórias. Time que mais venceu; 

- Apenas 3 derrotas. Time que menos perdeu; 

- Com 59 gols marcados, tem o ataque mais positivo

- Sofreu apenas 28 gols e tem a defesa menos vazada do campeonato; 

- Aproveitamento superior a 70% dos pontos; 

- Artilheiro do campeonato. Fred já tem 19 gols; 

 

Melhores jogadores: 

- Diego Cavalieiri. Todo time começa com um grande goleiro e desde de Paulo Vitor que o Fluminense sentia falta de um goleiro para deixar os tricolores orgulhosos e seguros. 

- Gum. Muitos não gostam dele, mas apesar das falhas é um dos líderes do Flu. Luta muito e vibra demais com esse time. Fez um bom campeonato. 

- Jean. O melhor volante disparado do time. Melhorou o Fluminense que agora tem um volante que além de marcar sabe sair jogando e até faz gols. 

- Deco. Mesmo perdendo algumas partidas ele mostrou que pode ajudar muito esse time. Com lançamentos perfeitos, deixou Fred e cia muitas vezes de cara para o gol. 

- Wellington Nem. O representante mais importante da base tricolor sempre foi a válvula de escape desse time. Muitos dribles e muita velocidade, além de várias assistências. 

- Fred. Com regularidade e sequência de jogos, o capitão tricolor foi o artilheiro e peça fundamental para o tetracampeonato. 

 

Além deles tenho que citar: 

- Abel Braga. Contando com um elenco em que algumas estrelas ficaram no banco de reservas, manteve o bom ambiente nas Laranjeiras e ainda teve a importante função de mesclar a base com o elenco principal. 

- O Presidente Peter Siemsen, o Vice-presidente de Futebol Sandro Lima, o Diretor de Futebol Rodrigo Caetano, o Gerente de Futebol Marcelo Teixeira, o Presidente da patrocinadora Celso Barros e de toda comissão técnica que trabalha junto com o Abel. Todos também merecem os parabéns. 

 

Parabéns a todos os jogadores, comissão técnica, diretoria e torcida. Comemorem bastante e aproveitem as três últimas partidas e que venha 2013. A Libertadores é logo ali. 

Pelo tricolor Leonardo Calheiros.