Imprimir

O Fluminense enfrentou o Grêmio no estádio Olímpico e eu comentei o jogo pela Rádio Energia 104,9 FM. 

Foi um duelo direto pela classificação à Copa Libertadores de 2013 e também pelo título Brasileiro. Mesmo com a vitória do time do sul, a diferença atual é de 1 ponto a favor do time carioca. Veja o gol do Grêmio clicando aqui

O time de Abel Braga teve quatro desfalques. O mais importante foi o meia Deco que sentiu um desgaste muscular e sequer viajou a Porto Alegre. O Jean também vem a ser grande desfalque porque os atuais volantes reservas, Valencia e Diguinho, estão no departamento médico. Fábio Braga entrou em seu lugar e não jogou mal. Achei inclusive que Wallace já merece a posição de titular no lugar do Bruno. Já no lado esquerdo, vimos que ainda precisamos do Carlinhos, pois Thiago Carleto jogou mal. 

Porém, o que mais me surpreendeu foi a escalação do técnico do Fluminense que mesmo assistindo o primeiro tempo inteiro, não reparou que o time do Flu não tinha saída de bola, Fred só recebia chutões vindo da defesa e fazia o que podia, mas era complicado. 

Gilberto Silva e Thiago Neves

Não gosto de ficar criticando técnico, mas acho que dessa vez a culpa foi do Abel Braga, pois ele no segundo tempo tinha que colocar a equipe para jogar da maneira que está acostumada, ou seja, com dois meias. E poria o Wagner no lugar do Anderson, já que ele tem errado bastante, mantendo a defesa com Gum e Leandro Euzébio e o meio com Edinho, Fábio Braga, Wagner e Thiago Neves. O time ficaria mais equilibrado e daria chance do Flu chegar com perigo ao ataque, coisa que não aconteceu. 

Perder a invencibilidade poderia acontecer, mas jogando bola! Ficar só na defesa é feio demais. 

 

Escalações: 

Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Gilberto Silva, Werley, Pará; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber e Marcelo Moreno;

Fluminense: Diego Cavalieri, Gum(Rafael Sobis), Anderson e Leandro Euzébio; Wallace, Edinho(Wagner), Fábio Braga, Thiago Neves e Thiago Carleto; Wellington Nem(Rafael Moura) e Fred.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Thiago Gomes Brigido (CE).

 

Por Leonardo Calheiros.