Imprimir

Na noite da última quarta, com um pequeno público de apenas 2.434 pagantes, o Botafogo enfrentou o Palmeiras pela Copa Sul-Americana no Engenhão. Embora o estádio seja conhecido por não ter o costume de 'encher', eu acredito que nem mesmo os botafoguenses acreditavam na classificação, e por isso um público tão baixo. Por outro lado, os jogadores do Botafogo não só acreditaram como lutaram até o último minuto por um placar positivo, tendo em vista que perderam de 2 x 0 para o time de Felipão em São Paulo, não seria um jogo fácil. O primeiro tempo começou mais no meio do campo e somente aos 34 minutos, Lucas recebeu sozinho na entrada na área, em posição de impedimento, e rolou para o holandês Seedorf empurrar para o gol: 1 a 0 Botafogo. O Palmeiras sentiu o gol, porém, logo em seguida empatou. Aos 42 minutos, com um belo passe do carrasco da torcida alvinegra, Pirata tocou para o meia Patrick que faz o gol. Patrick que é muito criticado pelos torcedores palmeirenses e acabou salvando o time. 

Na segunda etapa o time carioca voltou com muita vontade de se classificar, e lutou para isso! Acertando os passes e atacando de todas as formas, sufocou o Palmeiras o tempo todo. Mas com o gol fora de casa do Avilverde, o time do técnico Oswaldo de Oliveira precisava de mais três gols no segundo tempo, e chegou perto disso. Aos 11 minutos, Seedorf volta a incomodar dando passe perfeito para Renato marcar: 2 x 1 Botafogo. Os Alvinegros passaram a acreditar mais ainda. 

Felipe Escolari com 12 desfalques não tinha muito o que fazer, tirou os cansados Obina e Román, colocou os renovados Betinho e Luiz Gustavo mas as mudanças não surtiram efeitos.

Palmeiras se classifica no sufoco

Aos 27, Lodeiro fez lançamento preciso da esquerda para a direita, e enquanto Lucas se ajeitava para cruzar rasteiro, o uruguaio avançava como um raio pelo meio. Ele só foi visto na pequena área, tocando de leve na bola e tirando de Bruno: 3 a 1. Com esse placar, a torcida palmeirense viveu os vinte minuntos mais longos do ano, torcendo para que acabasse logo o jogo. No final, houve alguns chutões dos Palmeirenses para a frente, tentando a qualquer custo afastar a bola da área do goleiro Bruno e se defendiam da forma que dava. Com o fim da partida, a vitória é do Botafogo, mas na raça e no sufoco a vaga é alviverde para as oitavas de finais. Com tudo isso, a estrela solitária do Botafogo brilhou pela garra do time, que em nenhum momento desistiu da classificação e lutou até o fim. Agora o Palmeiras aguarda o vencedor do confronto entre Guarani, do Paraguai, e Millonarios, da Colômbia, que farão o primeiro jogo no dia 30, e o segundo, em 19 de setembro. 

Agora, para descontrair, quem assistiu o jogo pela televisão viu que o gol do Palmeiras não foi narrado porque o torcedor "amigo internauto" atrapalhou. O Globo Esporte fez uma brincadeira com isso, veja o vídeo abaixo e também os gols da partida. 

Por Monique Barreto.