Imprimir

O Flamengo recebeu o Ponte Preta pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Rubro-Negro compareceu com seu menor público no Campeonato, com apenas 2.627 pagantes presentes no estádio, time que na última rodada perdeu para o Internacional por 4 x1. Já o Ponte Preta venceu de virada o Atlético-GO. 

Com uma nova formação o técnico Dorival Júnior que trocou Thomás e Negueba por Bottinelli e Liedson (que iniciou a partida como titular), o Flamengo viu a Ponte Preta levar a melhor com um gol aos 20 minutos, após Edson Bastos segurar com tranquilidade um cruzamento de Ramon, lançou a bola com precisão, Luan na ponta esquerda tocou no meio da área e encontrou Uendel, que chutou para o gol: Ponte Preta 1 x 0.

Após o gol, o Flamengo acordou e pressionou, mas não conseguiu encontrar espaço na defesa fechada do Alvinegro. No final do primeiro tempo, Luan tocou para Uendel na área, o lateral caiu na chegada de Welinton, o time da Ponte Preta pediu pênalti, mas o árbitro não marcou nada.

Bottinelli se lamenta

O segundo tempo baseia-se nos ataques do time carioca tentando buscar o resultado. O técnico do Flamengo decidiu então colocar Negueba, que vinha sendo titular, no lugar do volante Amaral. Já o técnico Gilson Kleina apenas colocou Roger no lugar de Giancarlo, trocando um atacante por outro. Dorival fez o mesmo do outro lado, tirando Liedson - que não finalizou nenhuma jogada em seu primeiro jogo como titular para dar uma chance a Hernane, e no lugar de Ibson, que saiu de campo vaiado, entrou Nixon que fez sua estreia nos profissionais. O time passou a atuar com quatro atacantes, mas ainda sofrendo para finalizar. O goleiro da Macaca Edson Bastos se destacou ao fazer grandes defesas. Dorival ainda foi expulso do campo, assim como no clássico contra o Botafogo. 

Com esse placar final de 1 x 0, o Ponte Preta que não perde há quatro jogos vai ao 9º lugar na tabela, retornando aos Top 10, e o Flamengo mantém um "jejum" de quatro rodadas sem vencer e fica no 13º lugar, podendo ir a 14º se o Santos vencer o Fluminense na atual rodada.

No sábado, o Flamengo pega o Coritiba no Couto Pereira e a Ponte Preta terá o Figueirense pela frente, também no sábado, em Campinas. 

Por Monique Barreto.