Imprimir

Após a saída de Felipão, alguns nomes foram citados e investigados para o comando do time alviverde. Porém, foi o ex-técnico do Ponte Preta Gilson Kleina que fechou contrato até dezembro de 2013 e vai inclusive comandar o time na Libertadores do ano que vem. O paranaense Gilson Klenia tem 44 anos e traz em seu curriculum apenas clubes pequenos como Duque de Caxias, Criciúma, Paysandu, Ipatinga, Coruripe (time que conquistou a taça do Campeonato Alagoano em 2006) e o último foi a Ponte Preta que ficou em quinto lugar no Paulistão do ano passado, e esse ano subiu para a primeira divisão com ele no comando e estava fazendo um excelente trabalho deixando o time na 10ª posição para assumir o Palmeiras na vice laterna.

Ontem a história começou a mudar, em jogo de ''seis'' pontos, afinal jogou contra o Figueirense seu concorrente direto na zona de rebaixamento e venceu por 3x1 em Florianópolis, com destaque para o volante Marcos Assunção que deu assistências para os dois gols logo nos 10 primeiros minutos, teve um gol anulado e marcou o terceiro; já pelo Figueira o goleiro Wilson falhou nos gols e foi o pior em campo, o único gol saiu dos pés do atacante Aloísio. A principal mudança no time de Kleina foi o atacante Maikon Leite no Lugar de Luan, e ao contrário de Felipão que só fazia alterações no final da partida, Gilson trocou Correa (que sentiu dores) por João Denoni logo aos 30 minutos do primeiro tempo, e não teve medo de substituir Valdívia pela velocidade de Tiago Real aos 10 do segundo tempo. Com essa importante vitória, o Palmeiras vai a 23 pontos subindo uma posição ficando 18ª lugar, já o Figueirense perde uma posição indo para 19º lugar com 22 pontos.

Gilson Kleina em treino no Palmeiras

Agora, coincidentemente o Palmeiras pega exatamente a Ponte Preta ex-clube do atual técnico e o Figueirense pega o Vasco. 

Por Monique Barreto.